CCIABM
CCIABM
Início » Notícias » Primeiro carvão exportado pela Vale Moçambique seguiu para os Emirados Árabes Unido

Notícias

Primeiro carvão exportado pela Vale Moçambique seguiu para os Emirados Árabes Unido

22 de setembro de 2011

O navio transportando as primeiras 35 mil toneladas de carvão extraído pela Vale Moçambique no distrito de Moatize, em Tete, partiu do porto de Beira com destino a Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, de acordo com o diário Notícias, de Maputo.

O chefe do departamento de Marketing e Vendas da Cornelder Moçambique, Félix Machado, disse que o segundo navio para o transporte de carvão de Moatize poderá acostar na capital provincial de Sofala dentro de um mês.

O embarque do navio, segundo o diretor das operações do grupo brasileiro, Paulo Horta, marca o fim da primeira fase de exploração da mina de carvão de Moatize, sendo a Vale Moçambique uma grande operadora e exportadora de carvão de Moçambique.

Com capacidade nominal de produção de 11 milhões de toneladas de carvão metalúrgico por ano, o investimento brasileiro em Moatize já consumiu 1,6 mil milhões de dólares, sendo que as atividades de exploração do minério iniciaram-se precisamente em Maio de 2010.

Preferencialmente, o carvão mineral de Moatize vai ser colocado na Ásia, Europa e África, destacando-se destinos como o Brasil, Índia, Japão e África do Sul.

Fonte: Adaptação Macauhub