CCIABM
CCIABM
Início » Notícias » Operadores privados podem explorar energias renováveis em Moçambique

Notícias

Operadores privados podem explorar energias renováveis em Moçambique

21 de maio de 2011

 

Os operadores privados podem explorar em Moçambique fontes diversas de energias renováveis, afirmou em Maputo, o ministro da Energia, no final da reunião do Conselho de Ministros que aprovou a estratégia de desenvolvimento de energias novas e renováveis.

Citado pelo diário Notícias, de Maputo, Salvador Namburete disse que para além dos biocombustíveis, cuja exploração já conta com operadores privados em províncias como Maputo, Manica, Niassa, Inhambane e Cabo Delgado, também podem investir noutras energias como a térmica, eólica, solar, hidroelétrica, geotérmica e oceânica.

Dizendo que a estratégia aprovada estabelece regras claras e dá corpo à política aprovada em 2009, o ministro disse que o eventual investimento pode ser canalizado em duas direções, uma das quais será uma reposta a necessidades locais de procura energética, sendo a segunda a produção de energia para distribuição através da rede nacional.

“Trata-se de uma estratégia que irá ser reapreciada de cinco em cinco anos a fim de a adequar aos avanços tecnológicos e aos princípios e metas definidos em cada etapa”, afirmou Namburete.

Atualmente, segundo o Ministro da Energia, pouco mais de 2,1 milhões de pessoas consomem energia elétrica com base em sistemas solares, mas todo o esforço desenvolvido nesse sentido foi feito pelo Estado, através do Fundo de Energia (Funae).

Fonte: Adaptação Macauhub