CCIABM
CCIABM
Início » Notícias » Linha férrea que liga a região de Moatize ao porto de Beira recebe equipamento ferroviário para escoamento de carvão

Notícias

Linha férrea que liga a região de Moatize ao porto de Beira recebe equipamento ferroviário para escoamento de carvão

20 de junho de 2011

A Riversdale Moçambique receberá em Julho 11 locomotivas e 200 vagões a fim de assegurar o escoamento de carvão mineral de Benga pela linha de caminho-de-ferro do Sena, que liga a região mineira de Moatize ao porto da Beira.

A empresa, subsidiária do grupo mineiro australiano Riversdale Mining, investiu 50 milhões de dólares na aquisição deste equipamento ferroviário, que será entregue entre Julho e Setembro no caso das locomotivas e entre Agosto e Outubro os vagões.

De acordo com a empresa, o equipamento é suficiente para o escoamento, através daquela linha de caminho-de-ferro, da produção inicial calculada em dois milhões de toneladas de carvão por ano, apenas na mina de Benga.

O início da exploração do carvão de Benga é uma antecipação em relação aos planos inicialmente apresentados pela empresa e deriva do número de solicitações por parte dos seus principais clientes no mercado internacional, uma vez que o calendário apontava como data do início da produção o ano de 2012.

Estudos apresentados indicam que na sua fase de funcionamento pleno, a mina de Benga vai produzir cerca de 20 milhões de toneladas por ano, produto que se destina fundamentalmente ao mercado externo.

O projeto representará uma mais-valia para a economia moçambicana, se considerarmos, não só o volume de investimento envolvido, como também a criação de  1500 empregos diretos e outros 4500 resultantes da exploração de diversas atividades relacionadas com a mina, para além de receitas fiscais para o Estado.

Fonte: Adaptação Club of Mozambique