CCIABM
CCIABM
Início » Notícias » Índice de corrupção baixou em Moçambique

Notícias

Índice de corrupção baixou em Moçambique

28 de outubro de 2010

O índice de corrupção em Moçambique caiu, de acordo com o último relatório da Transparência Internacional, divulgado antes de ontem na capital alemã, Berlim. Esta Organização Não Governamental indica que o país evoluiu 14 lugares, passando da anterior 130ª posição (2.5 pontos) para 116ª, o que representa 2.7 pontos. O relatório em causa avalia um conjunto de 178 países do mundo.

No documento intitulado: “Índice de Percepção da Corrupção (IPC) 2010”, a organização determinou que a pontuação do ranking varia de 10 (livre de corrupção) a zero (altamente corrupto).

As nações que estão melhor colocadas na tabela são a Dinamarca, Nova Zelândia e Singapura, todas no 1º lugar, com 9.3 pontos, seguidas da Finlândia e Suécia, ambas com 9.2 pontos.

O país mais corrupto do mundo, segundo o ranking, é a Somália, que se encontra na última posição com 1.1 pontos, seguido pela Birmânia (1.4 pontos), Afeganistão (1.4 pontos) e Iraque com 1.5 pontos.

Das nações de expressão portuguesa, a Angola figura na lista dos 11 países mais corruptos do mundo, tendo descido seis posições na tabela, em relação ao ano passado.

A Guiné-Bissau passou da 162ª posição, com 1.9 pontos para 154ª (2.1pontos), Timor-Leste de 146ª (2.2 pontos) para 127ª posição (2.5 pontos), e São Tomé e Príncipe, de 111º lugar (2.8 pontos) para a 101ª posição (3.0 pontos).

Os demais países lusófonos melhoraram a sua posição no ranking relativamente ao ano passado, como é o caso de Portugal, que passou do 35º lugar para 32º; Cabo Verde passou da 46ª posição para a 45ª, conseguindo ascender na tabela devido à má prestação de outros países, já que a pontuação é idêntica nos dois relatórios mais recentes.

Fonte: O País