CCIABM
CCIABM
Início » Notícias » Empresários moçambicanos participam de três mesas redondas sobre negócios na China, Singapura e Indonésia

Notícias

Empresários moçambicanos participam de três mesas redondas sobre negócios na China, Singapura e Indonésia

15 de julho de 2011

Um grupo de empresários moçambicanos vai participar de três mesas-redondas na China, Singapura e Indonésia, tendo por objetivo a divulgação das oportunidades de negócio e de investimento em Moçambique e o estabelecimento de parcerias com empresários desses países, disse à Macauhub uma fonte oficial.

A deslocação de empresários moçambicanos àqueles três países é organizada pelo Centro de Promoção de Investimentos (CPI), Ministério dos Negócios Estrangeiros (MINEC), Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA), Gabinete das Zonas Econômicas de Desenvolvimento Acelerado (Gazeda) e o Instituto de Promoção das Pequenas e Médias Empresas (Ipeme).

A fonte contatada pela Macauhub em Maputo disse que o deslocamento  de empresários moçambicanos terá lugar entre os dias 19 e 26 de Julho, sendo que no dia 19 haverá uma mesa-redonda em Singapura, nos dias 21 e 22 em Jacarta e nos dias 25 e 26 irá se realizar a última em Pequim.

As mesas redondas a serem realizadas nestes três países, de acordo com a fonte, tem como objetivo a divulgação das oportunidades de investimentos em Moçambique e o estabelecimento de parcerias entre empresas moçambicanas e suas congéneres naqueles países, sobretudo nas áreas de desenvolvimento de infraestruturas (estradas, pontes e energia), gestão de infraestruturas de portos e aeroportos, aviação civil, zonas económicas especiais, turismo, abastecimento de água, produtos pesqueiros, hidrocarbonetos, agricultura e agro processamento, indústria têxtil e de vestuários, energias renováveis, indústria alimentar e ciência e tecnologia.

A China é, entre aqueles países, aquele que mais se destaca em investimentos em Moçambique, colocando-se entre os dez maiores investidores, sendo ainda notória a presença de empresários chineses no setor de construções de infraestruturas.

Como por exemplo as empresas chinesas se destacaram na reconstrução de estradas e de sistemas de abastecimento de água em várias cidades incluindo a capital Maputo e outras cidades e vilas.

Fonte: Adaptação Club of Mozambique.